Fale conosco pelo WhatsApp

Principais doenças no pâncreas

imagem ilustrativa
15/09/2022

Entenda quais são as principais doenças que acometem o pâncreas e como preveni-las. Saiba quais são os sintomas e quando procurar um médico.

Apesar do seu pequeno tamanho — entre 15 e 25 centímetros de extensão — o pâncreas é essencial para o bom funcionamento de todo o organismo. Por isso, é importante ficar atento às enfermidades pelas quais o órgão pode ser acometido. Entenda, nos tópicos a seguir, quais são as principais doenças no pâncreas e como se proteger.

Para que serve o pâncreas?

Antes de conhecer as principais doenças do pâncreas e como elas afetam o organismo, é importante entender para que serve e como funciona esse órgão tão essencial.

O pâncreas é uma glândula localizada no abdômen, entre o duodeno e o baço e atrás do estômago. Ele é responsável, principalmente, pela produção de insulina e de enzimas que auxiliam na digestão. Portanto, o pâncreas integra tanto o sistema digestivo quanto o endócrino.

As principais funções do pâncreas são:

  • Produção de enzimas e sucos digestivos, que auxiliam na digestão ao metabolizar gorduras, açúcares e proteínas;
  • Produção de insulina. Este hormônio é responsável por metabolizar carboidratos e controlar a glicose no sangue, reduzindo a glicemia;
  • Produção de glucagon. Este hormônio tem efeito oposto ao da insulina, pois aumenta a glicose no sangue. Ele atua, por exemplo, quando o indivíduo fica muito tempo sem comer ou pratica exercícios físicos.

As principais doenças que afetam o pâncreas

Os problemas que podem acometer o pâncreas e prejudicar a saúde de todo o corpo são diversos. Confira quais são as principais doenças no pâncreas:

1. Diabetes

Uma das mais conhecidas e principais doenças no pâncreas é a diabetes. Esta é uma doença causada pela falta ou pela má absorção da insulina, hormônio produzido pelo pâncreas e que transforma a glicose em energia para o organismo.

A energia gerada pela metabolização da glicose é distribuída para todas as células do corpo. Ou seja, a diabetes é uma doença que afeta a saúde de todo o organismo.

Entre os principais sintomas, estão a perda de peso, aumento de sono e cansaço, aumento de fome e sede, idas frequentes ao banheiro para urinar, além de mudanças repentinas de humor.

2. Pancreatite

A pancreatite é uma inflamação do pâncreas, que pode ser aguda ou crônica, de acordo com sua evolução e gravidade.

  • Pancreatite aguda: caracteriza-se pela inflamação repentina do órgão. Pode ser causada, entre outros, pela obstrução das vias biliares por pequenos cálculos que interrompem o fluxo das secreções pancreáticas. Isso provoca um processo inflamatório intenso, além de um edema na glândula, causado pelo acúmulo de líquido em seu interior. Os sintomas aparecem de repente e podem ser controlados com o tratamento adequado.
  • Pancreatite crônica: o pâncreas pode se atrofiar devido ao processo de agressão continuada ao órgão por longo período. As possíveis causas são diversas, mas, a ingesta prolongada e em grande quantidade de álcool, está entre as principais. Os sintomas da pancreatite crônica aparecem no decorrer dos anos como um avanço da pancreatite aguda.

Os principais sintomas de pancreatite são dores abdominais intensas, náuseas, vômitos, diarreia, fezes amareladas, perda de peso e febre. Além disso, a pancreatite pode causar diabetes, pois o pâncreas para de exercer eficientemente as suas funções.

3. Insuficiência pancreática

Uma das principais doenças no pâncreas é a insuficiência pancreática. Essa enfermidade se caracteriza pelo mau funcionamento da glândula, que para ou reduz quase que totalmente a fabricação de enzimas.

Além do alcoolismo, a insuficiência pancreática pode estar associada ao tabagismo e a doenças genéticas.

Os sintomas costumam aparecer apenas na fase avançada da doença, quando a quantidade de enzimas no organismo já está em um nível muito baixo. Geralmente, são dores abdominais, má digestão, perda de peso, diarreia, fezes com gordura e anemia.

O tratamento para essa doença no pâncreas consiste na ingestão de enzimas para compensar a sua baixa produção e melhorar a digestão, além da reposição de vitaminas. Também deve ser evitado o consumo de álcool, de tabaco e de alimentos gordurosos.

4. Câncer de pâncreas

Assim como as demais doenças no pâncreas, os sintomas de câncer costumam aparecer apenas nos estágios mais avançados da doença, dificultando o diagnóstico precoce. 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pâncreas corresponde a 2% de todos os tipos de câncer diagnosticados no Brasil e cerca de 4% das mortes causadas pela doença.

O câncer de pâncreas é mais incidente em pessoas acima dos 60 anos, e os casos aumentam com o avanço da idade. Também está associado ao tabagismo e ao consumo de álcool, além da ingestão prolongada de alimentos gordurosos.

Os sintomas são parecidos com os das principais doenças no pâncreas, como dores abdominais, náuseas, vômitos, perda de apetite e de peso e fezes com gordura. Além disso, o paciente pode apresentar urina escura e olhos e pele amarelados.

Quando detectada precocemente, a doença pode ser tratada por meio de cirurgia, com chance de cura.

Quais os sintomas de doenças no pâncreas?

Como citado, os sintomas são bastante semelhantes para as principais doenças no pâncreas e costumam aparecer nos estágios mais avançados. Por isso, ao perceber alguns desses sinais, o médico deve ser consultado o quanto antes.

Confira os principais sintomas para doenças no pâncreas:

  • Dores constantes no abdômen;
  • Dores nas costas que não estão relacionadas à má postura;
  • Má digestão;
  • Sensação de estômago ou barriga inchados;
  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Náuseas recorrentes;
  • Urina de cor escura;
  • Gordura nas fezes;
  • Olhos e pele amarelados.

Esses sintomas também podem estar associados a outros tipos de enfermidade, incluindo problemas no fígado e na vesícula. Portanto, é fundamental buscar a avaliação e orientação de um médico especialista, para o correto diagnóstico e tratamento.

Como evitar as principais doenças no pâncreas?

A saúde do pâncreas está diretamente relacionada com o estilo de vida da pessoa, incluindo o cuidado com a alimentação.

Como já mencionado, para prevenir as principais doenças no pâncreas, deve-se evitar o tabagismo, o consumo de bebidas alcoólicas e de alimentos gordurosos. Também é importante a prática regular de atividades físicas, manter o peso adequado e beber água diariamente.

Além disso, é preciso adotar uma dieta nutritiva, rica em fibras e vitaminas, aumentar o consumo de vegetais e moderar o consumo de açúcares e carboidratos.

Quando procurar um especialista?

Ao sinal de qualquer um dos sintomas, o médico deve ser procurado o quanto antes. Somente o profissional especializado é capaz de diagnosticar corretamente as doenças no pâncreas e orientar para a melhor forma de tratamento.

Ter consultas regulares e manter os exames médicos atualizados ajudam a evitar o diagnóstico tardio e possíveis complicações. Para saber mais sobre as doenças no pâncreas e demais enfermidades do aparelho digestivo, entre em contato e agende sua consulta.

Fonte:

Dr. Iron Pires.